Sexta, 22 de junho de 201822/6/2018
(86) 9 9998-4992
Parcialmente nublado
22º
31º
32º
Castelo Do Piaui - PI
dólar R$ 3,68
euro R$ 4,34
sheldo
POLÍTICA
Chapa complicada
-
Postada em 25/04/2017 ás 17h41 - atualizada em 28/04/2017 ás 12h53
Chapa complicada

O governador Wellington Dias (PT) caminha para a disputa do seu quarto mandato tentando construir uma grande base com o maior número possível de partidos.



Até aí nenhuma novidade, pois W. Dias já fez isso antes. A novidade agora fica por conta das dificuldades que tende a encontrar tanto dentro quanto fora do PT, que são realçadas pela situação atual do partido.



Sem a força do Governo Federal, sem a onda de estabilidade que viveu nos períodos Lula e Dilma e com o crescimento de alguns partidos em detrimento do encolhimento do PT, o jogo será mais complicado.



Com se já não bastasse as arestas com o PP do senador Ciro Nogueira, o governador terá também de encontrar um meio para acomodar o PSD do deputado Júlio César, que não foi seu aliado na campanha de 2014. Até aí nenhuma novidade, pois Wellington Dias já conseguiu reverter o quadro de minoria na Assembleia para maioria absoluta com apoio inclusive do PMDB que foi seu partido opositor. A questão é que a vaga pleiteado pelo PSD, amparado exatamente o crescimento que obteve nas eleições municipais, é a de Senado, que o PT indica a senadora Regina Souza e não abre mão por nada, mas talvez tenha de abrir em nome da reeleição de W. Dias, pois não é só o PSD que defende ampliação de espaços para os partido aliados, o próprio PP e PMDB também já defendem a revisão dos critérios. O sinal dos tempos é de que a insatisfação pode se generalizar e comprometer o projeto.

FONTE: Elisabeth Sá
tags:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

Publicidade

Linconl
Facebook

Publicidade

OMS

Publicidade

Neto Moto Peças
Mais lidas do mês

Publicidade

auto sabor
Enquete
Se as eleições presidenciais do Brasil fossem hoje, em quem você votaria?

Bolsonaro
219 votos - 29.8%

Lula
195 votos - 26.5%

Geraldo Alckmin
148 votos - 20.1%

Alvaro Dias
62 votos - 8.4%

Marina Silva
48 votos - 6.5%

Michel Temer
33 votos - 4.5%

Rodrigo Maia
30 votos - 4.1%

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium